You are here
Curiosidades Destaque Inutilidades 

10 curiosidades incríveis sobre o reino animal que você não conhecia

1. Por que alguns ovos têm duas gemas?

 

Porque durante a ovulação dois óvulos são liberados ao mesmo tempo. E é mais comum isso acontecer com galinhas jovens.

 

2. Quantas células têm os animais?

 

A pergunta é bastante ampla. Daí, a resposta: os animais podem ter de uma a bilhões de células. Existem os chamados unicelulares, animais com uma única célula, e outros, com estruturas corporais complexas, com bilhões delas.

 

3. Algum animal entende a língua dos homens?

 

De acordo com o zootecnista Alexandre Rossi, muitos animais entendem palavras pronunciadas por nós. Ele enfatiza que, de acordo com testes realizados, os que se mostraram cientificamente mais aptos foram os bonobos (um macaco parecido com chimpanzé), os chimpanzés e os papagaios.

 

 

4. Como as ostras fabricam as pérolas?

 

Qualquer corpo estranho (grãos de areia ou parasitas) que invada a concha pode causar irritação. Como mecanismo de defesa, as ostras revestem esse corpo estranho de madrepérola, uma substância cálcica que elas expelem para proteger a concha. É assim que se formam as pérolas. A maior pérola do mundo, encontrada em abril de 2001, tem 6,2 cm de comprimento, 5,3 cm de largura e 3,0 cm de altura. A preciosidade pesa 169 gramas.

 

 

5. Como funciona a “lanterna” do vaga-lume?

 

A luz dessa inseto, chamada de bioluminescência, serve para aproximar o macho e a fêmea. Ela se acende no abdome. Sua produção depende de uma substância, a luciferina. Em contato com o ar e com uma enzima (luciferase), essa substância produz uma luz amarelo-esverdeada.

 

 

6. Como os animais ouvem?

 

De acordo com o zootecnista Alexandre Rossi, cada animal está programado para ouvir em uma determinada freqüência. Muitos deles, inclusive, são capazes de distinguir ultra e infra-sons, imperceptíveis para os humanos. Os elefantes, por exemplo, escutam os gravíssimos infra-sons, presentes em tremores de terra, em alguns ruídos que emitem pela tromba, etc. Os gatos e cachorros, por sua vez, ouvem ultra-sons, agudos demais para as pessoas, e, assim, são capazes de escutar até os ruídos que os ratos fazem entre si. “Para animais que vivem da caça, esta capacidade é primordial, pois o ultra-som possibilita que detectem com precisão a localização da presa”, afirma Rossi. Ele também chama a atenção para o tubarão: “mais do  que simplesmente ouvir, este animal sente estímulos elétricos, que denunciam até um coração batendo a alguns metros de distância”. Rossi lembra que algumas espécies chegam a se orientar especialmente por intermédio do som: morcegos e golfinhos utilizam um sistema de emissão e recepção de ultra-sons para “desenhar” o espaço onde estão e se deslocarem com facilidade. O zootecnista também cita os pássaros que, algumas vezes, são capazes de ouvir larvas dentro da madeira ou minhocas cobertas por dez centímetros de terra.

 

 

7. É verdade que o caramujo faz sexo só uma vez na vida?

 

Seu destino não é tão cruel assim. De acordo com o zoólogo Paulino José Soares de Sousa Júnior, do Museu de Zoologia da Universidade de São Paulo, os caramujos são hermafroditas e se reproduzem várias vezes durante a vida. As lulas são os únicos moluscos, categoria em que estão classificados os caramujos, lesmas, mexilhões, ostras e polvos, que só fazem sexo uma vez e logo depois morrem. “Nessa fase, elas até param de comer para seu corpo esteja totalmente voltado para a reprodução”, explica.

 

 

8. Existe algum animal que não bebe água?

 

O coala, mamífero marsupial presente na Austrália, é um dos animais que não bebem água. Nos primeiros meses de vida, o filhote, que nasce pouco maior que uma abelha, vive dentro de uma bolsa no abdômen da mãe. Ele se alimenta de leite e de uma secreção liberada pelo ânus materno. Quando o aparelho digestivo está formado, o coala passa a ingerir folhas, ramos e brotos de eucalipto, chegando a consumir até um quilo de alimento por dia. Esses animais não bebem água porque seus pratos favoritos contêm todo o líquido de que precisam. Outros animais, como a garça, a girafa, o rato e certas espécies de coelhos, também são capazes de retirar dos alimentos toda a água necessária para a sobrevivência.

 

 

9. Os animais têm curiosidade ou ela é exclusiva do ser humano?

 

Os bichos também são curiosos, e essa característica desempenha um papel importante em sua sobrevivência. “A combinação entre curiosidade e coragem pode levar animal à morte ou revelar algo novo que melhora sua qualidade de vida”, explica o zootecnista Alexandre Rossi. Um pássaro “curioso”, por exemplo, decide provar uma nova frutinha, que pode ser venenosa ou não. “Ele pode tanto contaminar-se ou, com sorte, ter uma nova fonte de alimento”, descreve Rossi. Os animais que têm mais curiosidades são os chamados “exploradores”, como os ratos, os cães e os primatas.

 

 

10. Os cangurus conseguem andar para trás?

 

Esses marsupiais não andam (nem para a frente e muito menos para trás) pois não movem uma perna independentemente da outra, a não ser quando nadam. Por isso, passam a maior parte de suas vidas saltando. “Eles usam a cauda, grossa e pesada, como ponto de apoio para seus saltos”, descreve Mara Cristina Marques de Ângelo, bióloga do setor de mamíferos do Zoológico de São Paulo. Ela poderia dificultar seus movimentos caso os bichos quisessem usar a marcha ré. “Isso não acontece com freqüência, mas é possível que o canguru salte para trás, especialmente se estiver em perigo”, completa a bióloga.

 

 

Deixe seu Comentário

Related posts

Veja Mais Novidades





Tablóide News